22/03/11

O jantar da matança e os torresmos

Depois de desmanchar o porco, dividir as carnes da arca e dos fumeiros, nada melhor do que um belo jantar para descansar o porco e colocar a conversa em dia…
Este é um dos meus petiscos favoritos na época das matanças, os torresmos.
Bem sei que é uma carne que faz mal, pois está cheia de gordura, mas também não se come todos os dias…

Num tacho colocam-se as partes gordas da barriga do porco e a que está encostada aos lombos.
Na minha terra coloca-se em cima de um fogão de lenha, para sentir o quentinho nas noites frias de Inverno, que em principio já lá vão…

DSC08928

Deixa-se que a gordura se desfaça em banha e a carne ganhar esta cor magnifica,
Este processo é feito lentamente.
Quando a carne começar a ficar lourinha coloca-se também lombo e fígado de porco, também na banha.

DSC08941
DSC08945
DSC08948

Acompanha-se com batatas cozidas e grelos cozidos e depois salteados em azeite e alho picado.

DSC08947

Para começar esta refeição come-se um prato de sopa onde se coze o osso da suã.

DSC08927

Rodeado de familiares e amigos, esta é sempre uma receita muito rica em gastronomia, convívio e alegria.

2 comentários:

sabor e saberes disse...

A semana passada matou-se um porco em minha casa, e a minha mãe também fez torresmos eu adoro.
muito bom mesmo. Bjs

Rachel disse...

Que giro, os torresmos que já comi não tem nada a ver com estes :-)

Dias não são dias, e com moderação nada faz mal.

Beijinhos

Related Posts with Thumbnails