31/03/11

Bifes de perú com alho

Cá em casa gostamos imenso de frango e de alho também, por isso esta receita da Canela tinha de ser ao nosso gosto.
E não me enganei, mas não fiz com frango e sim com bifes de perú.

Frango com alho (1)Frango com alho (4)

Ingredientes
2 bifes de perú
cogumelos laminados frescos
1 colher (sopa) de paprica
sal qb
2 colheres (sopa) de azeite
8 dentes de alho com a casca
1/4 copo (60 ml) de vinho branco
1/2 copo (125 ml) de caldo de carnes
1 folha de louro
2 colheres (sopa) de salsa fresca, picada
tomilho
mistura cherry
mistura pimentas

Preparação
Cortar os bifes aos quadrados.
Junte a paprica com um pouco de sal numa tigela, acrescente a carne e misture bem de forma a ficar a carne bem temperada.
Na wok, aquecer o azeite.
Acrescente os dentes de alho com casca e deixar que estes cozinhem.
Retire-os da frigideira e reserve.
Coloque na wok a carne e os cogumelos e deixar que a carne aloure.
Acrescente o vinho branco.
Deixe que o álcool evapore e acrescente o caldo e o louro.
Deixe cozinhar em lume brando até a carne estar bem cozinhada.
Esmague os alhos, a salsa, o tomilho, as ervas aromáticas e as pimentas.
Acrescentar esta misture na carne e deixar cozinhar uns 10 minutos.

Servir com arroz de cenoura.

30/03/11

Vitela estufada com tagliatelli

Gostamos muito de carne de vaca estufada.
Esta receita é uma das relíquias do tempo de casa dos meus pais.
Fica com um sabor divinal.

vitela estufada com tagliatelli (1)vitela estufada com tagliatelli (3)

Ingredientes
carne de vitela cortada aos quadrados
1 cebola
azeite
polpa de tomate
vinho branco
sal
pimenta
caldo carne
tomilho
mistura cherry
massa tagliatelli

Preparação
Numa wok saltear a cebola às rodelas em azeite.
Acrescentar a polpa de tomate e deixar que este se desfaça.
Regar com vinho branco e deixar que o mesmo evapore.
Junte a carne aos quadrados.
Tempere com sal, pimenta e ervas aromáticas.
Juntar o caldo de carne.
Deixar a carne cozinhar até que fique bem tenra.
Se a água começar a evaporar acrescentar um pouco de água.

Acompanhar com massa tagliatelli cozinhada al dente.

29/03/11

O bolo dos 31 anos - Bolo de chocolate com creme moka

Como se lembram este cantinho foi um dos escolhidos para o projecto “Os melhores blogues de culinária Portugueses” pela Lusitania.
Recebi um preparado da Branca de Neve para fazer bolo de chocolate.

DSC09261

Aproveitei o preparado para fazer o bolo para o meu aniversário.
Com um creme moka ficou um delícia de bolo.
É um bom preparado para quando se tem pressa de fazer um bolo…

DSC09269DSC09272DSC09278DSC09282

Ingredientes
Base
1 Embalagem de Preparado Bolo de Chocolate "Branca de Neve"
2 colheres de sopa de café mokambo
125 gr de Manteiga
4 Ovos
6 Colheres de (sopa) Leite

Creme moka
125g açúcar
125g manteiga
1 café forte
1 gema ovo

Preparação
Fazer o bolo conforme as indicações da embalagem, acrescentando o café mokambo.

Fazer o creme batendo o açúcar e a manteiga até obter um creme esbranquiçado.
Juntar o café já frio em fio, e bater sempre de forma a que não desfaça o creme de manteiga.
Por fim acrescentar a gema batida em fio também.

Quando o bolo estiver frio desenformar e abrir ao meio com uma faca.
Barrar o interior e por fora o bolo com o creme moka.
Decorar a gosto.
Levar ao frigorífico.

Vai uma fatia?

24/03/11

Lulas com molho de whisky

Assim como as lulas com mostarda, esta receita também ficou debaixo de olho desde que a vi aqui.
Troquei as natas pelo iogurte natural, para que ficasse mais leve o molho, mas mesmo assim ficou bastante apetitoso.
O molhinho serviu para demolhar uma dose de esparguete al dente.
Ficou mesmo delicioso.

lulas com molho de wisky (2)lulas com molho de wisky


Ingredientes
1kg  lulas
30g azeite
1 cebola
2 dentes de alho
200g polpa de tomate
1 folha de louro
100 ml vinho branco
50g farinha
1 iogurte natural
30g whisky

Preparação na Bimby
Aquecer o azeite 3min, 100º, vel1.
Adicionar a cebola e os alhos 5seg, vel5.
Juntar a polpa de tomate e as lulas cortadas às rodelas e passadas por farinha, e a folha de louro 7min, 100º, vel col inv.
Verificar se as lulas estão cozinhadas, caso contrário programar mais alguns minutos.
Adicionar o iogurte e o whisky 3min, 100º, vel col inv.

Preparação convencional
Aquecer o azeite e saltear a cebola e os alhos picados.
Juntar a polpa de tomate e as lulas cortadas às rodelas e passadas por farinha, e a folha de louro.
Deixar as lulas cozinharem.
Quando já estiverem tenras adicionar o iogurte e o whisky e deixar apurar um pouco mais.

Notas
Acompanhei com esparguete cozido al dente e depois salteado num pouco de manteiga vegetal.
Mas fica muito bem também com arroz de alho ou um puré de batata

23/03/11

Arroz de grelos com chouriça de carnes

Um dos fumeiros que se fazem na altura das matanças são as chouriças de carnes.
Estas são feitas com as febras da parte da barriga do porco, que são as melhores.

Depois de terem estado ao fumo, estas chouriças e alguns grelos, fazem uma delícia dos deuses, e que adoro…
Bem simples, mas tão delicioso.

Arroz de grelos e chouriça de carne (1)Arroz de grelos e chouriça de carne



Ingredientes
1 cebola
1 alho
20ml azeite
1 chouriça de carnes
grelos qb
arroz
sal e pimenta qb

Preparação na Bimby
Picar a cebola e o alho 5seg, vel5.
Acrescentar o azeite e saltear 100º, 5min, vel1.
Cortar a chouriça aos bocados e salteá-la no azeite 100º,3min, vel col inv.
Juntar água, que serão 3 medidas da quantidade de arroz que se pretende fazer 100º, 10min, vel col inv.
Arranjar os grelos e juntar no copo, 100º,5min, vel col inv.
Acrescentar o arroz e deixar que este coza 100º, 12min, vel col inv.

Preparação Convencional
Picar a cebola e o alho e salteá-los em azeite numa wok.
Cortar a chouriça aos bocados e salteá-la no azeite.
Juntar água, que serão 3 medidas da quantidade de arroz que se pretende fazer.
Arranjar os grelos e quando água ferver e acrescenta-los.
Acrescentar o arroz e deixar que este coza.

Nota
Os grelos eram bastante tenrinhos e por esse motivo ao fazer na bimby ficaram praticamente desfeitos. Na wok não ficarão assim.
Mas apesar disso gostei imenso do gosto e da cor do prato.
Ficou mesmo delicioso.
Podem fazer com outro tipo de chouriças.

22/03/11

O jantar da matança e os torresmos

Depois de desmanchar o porco, dividir as carnes da arca e dos fumeiros, nada melhor do que um belo jantar para descansar o porco e colocar a conversa em dia…
Este é um dos meus petiscos favoritos na época das matanças, os torresmos.
Bem sei que é uma carne que faz mal, pois está cheia de gordura, mas também não se come todos os dias…

Num tacho colocam-se as partes gordas da barriga do porco e a que está encostada aos lombos.
Na minha terra coloca-se em cima de um fogão de lenha, para sentir o quentinho nas noites frias de Inverno, que em principio já lá vão…

DSC08928

Deixa-se que a gordura se desfaça em banha e a carne ganhar esta cor magnifica,
Este processo é feito lentamente.
Quando a carne começar a ficar lourinha coloca-se também lombo e fígado de porco, também na banha.

DSC08941
DSC08945
DSC08948

Acompanha-se com batatas cozidas e grelos cozidos e depois salteados em azeite e alho picado.

DSC08947

Para começar esta refeição come-se um prato de sopa onde se coze o osso da suã.

DSC08927

Rodeado de familiares e amigos, esta é sempre uma receita muito rica em gastronomia, convívio e alegria.

21/03/11

Matança do Porco

Hoje venho aqui falar de algo que se vê e faz por esse país fora.
As famosas matanças de porcos caseiros.
A minha aldeia não é excepção.

A carne de porco que se vende nos talhos, para quem come carne caseira, sabe perfeitamente que tem sabores e cheiros estranhos.
O famoso cheiro do porco por capar.
Lá em casa não gostamos nada dessa sabor e então resolvemos comprar um porco caseiro.
Então nós e os meus pais matámos e dividimos a carne ao meio.

Hoje venho tentar descrever um pouco desse processo.

Quando a matança é no Inverno, o corte da carne é de forma a retirar as carnes para os fumeiros, os salpicões e as chouriças de carne e as morcelas.
Caso a matança seja no Verão já é possível cortar costeletas por exemplo, pois vai tudo para a arca.
Esta matança teve em atenção esse pormenor.
Vamos ter presunto, salpicões e chouriças…

Então num dia mata-se o bicho e no outro desmancha-se.
Quando se mata é normal que o mesmo fique pendurado em local abrigado mas arejado para que a carne esfrie e o sangue escorra.
Matança do porco (1)

Quando a carne estiver fria desmancha-se e divide-se as carnes que são para congelar e as que serão utilizadas mais tarde para temperar e fazer os fumeiros.

Matança do porco (3)

Também aproveitamos os couratos.
Estes são bem rapados e congelados também.
No futuro irei aqui colocar um petisco delicioso com eles.

Matança do porco (12)

Os rins, coração, bofes, baço, bucho e carnes ensanguentadas do pescoço serão utilizadas para fazer as morcelas.

Matança do porco (6)

Matança do porco (14)
DSC08930

Os lombos serão utilizados para fazer os salpicões e as chouriças de carne são feitas com as febras do porco e o pescoço.

Matança do porco (5)
Matança do porco (7)

E claro o belo do presunto.

Matança do porco (10)

Todo a carne do fumeiro será temperada, cada uma de sua forma e colocada a secar ao fumo durante algumas semanas.
Quanto ao presunto esse será salgado, depois curado e colocado também ao fumo.
Este processo demora vários meses.

A língua do porco acompanhada da carne em volta também serve para fazer um salpicão, o salpicão da língua.
Este quando estiver bem seco será utilizado numa feijoada.

DSC08935

À parte guarda-se a gordura da barriga e a que está encostada aos lombos do porco.
Estas carnes serão utilizadas para fazer os torresmos.

Matança do porco (13)

Espero que tenham gostado da minha descrição.
Em breve segue a reportagem do jantar do dia da desmancha, com os deliciosos torresmos.

15/03/11

A cozinheira hoje faz anos...

Pois é... Hoje a cozinheira desta cozinha faz anos...
Já lá vão 31 aninhos...

Os 30 poderiam ter sido melhores.
Tive momentos bastante bons, mas outros demasiado maus para querer recordar...

Por isso vamos esperar que este próximo ano melhore nesses momentos maus...
E claro que faça mais deliciosas receitas nesta cozinha...
E partilhe com quem me segue e gosta deste cantinho...

09/03/11

Pão de Alho

Uma entrada viciante e que adoro são os pães de alho.

Com azeite e algumas ervas basta para me deliciar.

Um destes dias fiz em casa algo bem simples.
 Pão de Alho Pão de Alho


Ingredientes
1 baguete
1 dente de alho
azeite qb
orégãos qb
queijo em fatias ou ralado

Preparação
Cortar o pão em pedaços.
Cortar um dente de alho e esfrega-lo no pão.
Dispor fatias de queijo a gosto e polvilhar com orégãos.
Regar com um fio de azeite.
Levar ao forno a 180º apenas para derreter o queijo e o pão ficar ligeiramente tostado.

04/03/11

Bolitas de courgette com molho de tomate gratinado

Uma das formas de camuflar os legumes é nas almôndegas e nos hambúrgueres.
Foi exactamente isso que fiz neste receita que já tinha sido aqui colocada.

As bolitas ficaram mais levesinhas e não menos deliciosas.
Gostamos imenso do resultado.

Bolitas de courgettBolitas de courgette com molho de tomate gratinado
Bolitas de courgette com molho de tomate gratinado
Bolitas de courgette com molho de tomate gratinado



Ingredientes
carne picada a gosto (utilizei apenas de vitela)
pão ralado aromatizado com alho e salsa
1 ovo
1 cebolas pequenas
2 dentes de alho
½ courgette

Azeite
1 cebola
2 dentes de alho
½ courgette
pimenta preta, tomilho e manjericão
1 iogurte
polpa de tomate
1 copo de leite
queijo ralado qb


Preparação
Na bimby, ou numa máquina 123, picar a cebola a courgette e os alhos.
Misturar com a carne, o ovo e o pão ralado.
Temperar com sal e ervas e misturar muito bem.
Moldar bolinhas e dispor num tabuleiro de ir ao forno.
Picar a cebola a courgette e os alhos.
Numa wok, refogar a cebola a courgette e o alho bem picadinhos em azeite.
Acrescentar a polpa e deixar o molho apurar bem.
Juntar o leite e rectificar os temperos.
Regar as bolitas com este molho.
Polvilhar com queijo ralado e pão ralado.
Levar ao forno a 180º a gratinar.

Acompanhar com arroz de alho.

03/03/11

Amanteigados

Eu tenho um livro de Doçaria portuguesa que tem várias receitas de biscoitos.
Os de hoje já eram habituais na casa dos meus pais.
Passávamos tardes a amassa-los.
Mas com a Bimby essa tarefa tornou-se muito mais simples.

Amanteigados


Ingredientes
500g açúcar
300g manteiga
3 ovos
100ml leite
750g farinha de trigo
15g fermento em pó

Preparação na Bimby
Colocar todos os ingredientes na bimby.
Programar 2min, vel5.
Colocar a massa sobre a mesa enfarinhada.
Formar biscoitos com as mãos, com cortadores ou com o dispara-biscoitos.
Levar a forno a 180º cerca de 15min, ou até ficarem douradinhos.


Preparação Convencional
Misturar bem o açúcar e a manteiga até obter um creme.
Depois juntar os ovos um a um batendo sempre.
Adicionar o leite e misturar.
Juntar a farinha e o fermento.
Colocar a massa sobre a mesa enfarinhada.
Formar biscoitos com as mãos, com cortadores ou com o dispara-biscoitos.
Levar a forno a 180º cerca de 15min, ou até ficarem douradinhos.

02/03/11

Cheesecake de limão e doce de abóbora

A nossa querida Cabra Caprichosa, fez uma proposta a esta cozinha, fazer uma receita da minha autoria com um ou vários queijos da marca saloio.
Como é óbvio aceitei e hoje chegou o dia de postar a delícia que saiu.
O produto utilizado foi o requeijão para barrar da saloio.
Espero que gostes da minha receita Cabrinha… :)

Cheesecake de limão e doce de abóbora

A receita escolhida foi um delicioso cheesecake.
E a verdade é que resultou numa bela sobremesa.

Cheesecake de limão e doce de abóbora

Cheesecake de limão e doce de abóbora

Ingredientes
250g bolacha torrada
100g manteiga vegetal

150g requeijão para barrar saloio
raspa e sumo de 2 limões
100g de açúcar
3 colheres de sopa de alga agar-agar em pó
1 embalagem de creme vaqueiro para chantilly
2 iogurtes naturais

doce de abóbora qb
nozes qb


Preparação na Bimby
Para a base, triturar as bolachas com a a manteiga 1min, vel7-8-9.

Cheesecake de limão e doce de abóbora

Dispor numa forma de fundo amovível.
Calcar bem e levar ao frio para solidificar.

Cheesecake de limão e doce de abóbora

Misturar no copo o requeijão, a raspa de limão e o açúcar 1min, vel4.
Acrescentar os iogurtes.
Misturar bem até obter um creme homogéneo 1min, vel4.

Num recipiente que possa ir ao microondas, misturar o sumo dos limões e a alga agar-agar em pó.
Levar ao microondas a derreter de forma a dissolver bem.
Em seguida junte ao preparado de queijo e envolva muito bem.

Bater o creme vaqueiro em chantilly.
Juntar à mistura de queijo.

Verter sobre a base de bolacha.
Levar novamente ao frigorifico até solidificar.

Cheesecake de limão e doce de abóbora

Na hora de servir, desenformar o cheesecake.
Regar com doce de abóbora a gosto.
Enfeitar com metades de noz.

Cheesecake de limão e doce de abóbora Cheesecake de limão e doce de abóbora Cheesecake de limão e doce de abóbora Cheesecake de limão e doce de abóboraCheesecake de limão e doce de abóbora Cheesecake de limão e doce de abóbora

Preparação Convencional
Para a base, triturar as bolachas e juntar a manteiga.
Envolver bem.
Dispor numa forma de fundo amovível.
Calcar bem e levar ao frio para solidificar.

Misturar numa tigela o requeijão, a raspa de limão e o açúcar.
Acrescentar os iogurtes.
Misturar bem até obter um creme homogéneo.

Num recipiente que possa ir ao microondas, misturar o sumo dos limões e a alga agar-agar em pó.
Levar ao microondas a derreter de forma a dissolver bem.

Em seguida junte ao preparado de queijo e envolva muito bem.
Bater o creme vaqueiro em chantilly.
Juntar à mistura de queijo.

Verter sobre a base de bolacha.
Levar novamente ao frigorífico até solidificar.

Na hora de servir, desenformar o cheesecake.
Regar com doce de abóbora a gosto.
Enfeitar com metades de noz.
Related Posts with Thumbnails